Prefeitura recebe homenagem pelo apoio ao trabalho da Polícia Rodoviária Federal PDF Imprimir E-mail
Qui, 11 de Julho de 2019 13:22

O pre­fei­to Alex de Frei­tas par­ti­ci­pou na sexta-feira (5) da sole­ni­da­de de trans­mis­são de car­gos da Nova Supe­rin­ten­dên­cia Regio­nal da Polí­cia Rodo­viá­ria Fede­ral (PRF) em Minas ­Gerais, na sede da cor­po­ra­ção, na Cida­de Indus­trial. Alex foi home­na­gea­do com uma placa em reco­nhe­ci­men­to ao apoio pres­ta­do pela pre­fei­tu­ra à ins­ti­tui­ção.
"Agra­de­ço o gesto da PRF, con­tu­do rei­te­ro que é um dever do Muni­cí­pio cola­bo­rar com o tra­ba­lho pri­mo­ro­so desta cor­po­ra­ção. Uma polí­cia que tem papel estra­té­gi­co na segu­ran­ça públi­ca e trans­pa­rên­cia do nosso país. Uma polí­cia que é firme, pre­pa­ra­da, téc­ni­ca e, sobre­tu­do, huma­na", des­ta­cou Alex de Frei­tas.
A ceri­mô­nia mar­cou a des­pe­di­da do supe­rin­ten­den­te regio­nal da PRF, Paulo Hen­ri­que de Urze­da Mota, e a posse sole­ne do novo ocu­pan­te do cargo, Marco Antô­nio Ter­ri­to de Bar­ros. O even­to tam­bém con­tou com a par­ti­ci­pa­ção do coman­dan­te da Guar­da Civil de Con­ta­gem (GCC), Levi Sam­paio.
A banda de músi­ca da GCC foi res­pon­sá­vel pela sono­ri­za­ção do even­to, que teve ainda a par­ti­ci­pa­ção do dire­tor-geral da PRF, Adria­no Mar­ques Fur­ta­do, e do pre­si­den­te do Sin­di­ca­to dos Rodo­viá­rios Fede­rais do Esta­do de Minas ­Gerais, José Hen­ri­que dos San­tos, além de depu­ta­dos e ­outras auto­ri­da­des.
Em seu dis­cur­so de saída, Paulo Hen­ri­que de Urze­da Mota limi­tou-se a agra­de­cer, lem­bran­do que a festa hoje é do cole­ga poli­cial empos­sa­do. "Serei breve. Quero agra­de­cer a Deus por essa expe­riên­cia que muito acres­cen­tou em minha vida pro­fis­sio­nal e a todos os ami­gos e par­cei­ros que me aju­da­ram a levar adian­te esta ges­tão. Quero tam­bém dese­jar ao novo supe­rin­ten­den­te todo suces­so e con­cla­mar todos os cole­gas de Minas ­Gerais a ombrea­rem com ele essa bata­lha, para que seja a mais exi­to­sa e bem-suce­di­da admi­nis­tra­ção no Esta­do, por­que o suces­so dele é o suces­so da PRF e da socie­da­de minei­ra", res­sal­tou o ex-supe­rin­ten­den­te.
Marco Antô­nio Ter­ri­to de Bar­ros fez ques­tão de decla­rar que não há pro­ta­go­nis­mo de um só poli­cial quan­do o assun­to é segu­ran­ça públi­ca. "Duran­te meus 17 anos na Polí­cia pude per­ce­ber que o que move nossa ins­ti­tui­ção é a soma dos esfor­ços de todos os ser­vi­do­res. Somos inter­de­pen­den­tes e faze­mos parte de uma única ver­da­de. Só alcan­ça­re­mos nos­sos obje­ti­vos, enquan­to cor­po­ra­ção, com essa siner­gia. A PRF de Minas ­Gerais tem que ser gran­de como o Esta­do. Conto com vocês nessa mis­são. Não vamos espe­rar por dias melho­res. Vamos fazer dias melho­res".