Newton Cardoso Jr. é eleito presidente do MDB mineiro PDF Imprimir E-mail
Qui, 11 de Julho de 2019 13:21

Como já era espe­ra­do, o depu­ta­do fede­ral New­ton Car­do­so Jr. foi elei­to pre­si­den­te do MDB minei­ro. O par­la­men­tar ven­ceu a elei­ção por 252 votos e seu opo­nen­te, o ex-depu­ta­do fede­ral Sarai­va Feli­pe ficou com 156 votos.
New­ton Car­do­so Jr. Pre­ten­de ­ampliar o núme­ro de dire­tó­rios no esta­do minei­ro. O MDB está pre­sen­te em ape­nas 280 cida­des em Minas ­Gerais.
"Nós pre­ci­sa­mos res­ga­tar e aumen­tar a quan­ti­da­de de dire­tó­rios no inte­rior. Recons­truir o par­ti­do a par­tir de pes­soas que este­jam dis­pos­tas a fazer um pro­ces­so polí­ti­co atua­li­za­do e dis­pos­tas a par­ti­ci­par dele", afir­mou o par­la­men­tar.
O depu­ta­do elei­to pre­ten­de orga­ni­zar eco­no­mi­ca­men­te a legen­da. "Vamos con­ti­nuar a reor­ga­ni­za­ção finan­cei­ra do par­ti­do. Temos que ter um par­ti­do finan­cei­ra­men­te sau­dá­vel, até por­que esta­mos enfren­tan­do ­vários pro­ces­sos de ges­tões ante­rio­res que estão desem­bo­can­do agora, com mul­tas e sus­pen­são de fundo par­ti­dá­rio", expli­cou.
New­ton Car­do­so Jr. agra­de­ceu aos alia­dos. "Gos­ta­ria de agra­de­cer ao Adal­cle­ver, por­que, dian­te de uma divi­são na sua casa, tomou o lado que acre­di­ta­va e que tem a ami­za­de, mos­tran­do sua fibra e com­pro­me­ti­men­to", disse, refe­rin­do-se ao ex-pre­si­den­te da Assem­bleia e ao pai dele, o depu­ta­do fede­ral Mauro Lopes (MDB).
Ape­sar da cam­pa­nha para a elei­ção ter sido mar­ca­da por um clima de acir­ra­men­to, os can­di­da­tos se cum­pri­men­ta­ram, e res­sal­ta­ram a impor­tân­cia de cons­truir a união do par­ti­do visan­do plei­tos futu­ros.
Sarai­va Feli­pe des­ta­cou seus pró­xi­mos pro­je­tos. "Eu já esta­va fora do man­da­to, agora estou fora do dire­tó­rio. Vou cui­dar da minha vida, tenho muito coi­sas a fazer. Gosto do MDB, não vou fazer nada para que o par­ti­do se divi­da e che­gue mal para dis­pu­tar as elei­ções do ano que vem",  o ex-par­la­men­tar afir­mou que terá um papel de con­se­lhei­ro den­tro do MDB.