Regional Ressaca recebe projeto Rondon Minas PDF Imprimir E-mail
Qui, 11 de Julho de 2019 13:20

O últi­mo final de sema­na foi extre­ma impor­tân­cia para a ­região da Res­sa­ca, espe­ci­fi­ca­men­te a Vila União e Vila Boa Vista. Isto por­quê os mora­do­res rece­be­ram os ron­do­nis­tas que rea­li­za­ram ações de mobi­li­za­ção e capa­ci­ta­ção des­sas comu­ni­da­des, basean­do em pro­pos­tas de desen­vol­vi­men­to que prio­ri­zam a for­ma­ção ­social e polí­ti­ca dos indi­ví­duos, solu­ções cole­ti­vas, soli­da­rie­da­de e o res­ga­te da cul­tu­ra local. Con­ta­gem foi a pri­mei­ra cida­de da ­Região Metro­po­li­ta­na de Belo Hori­zon­te a rece­ber o pro­je­to Ron­don Minas. Capi­ta­nea­do por Môni­ca Abran­ches, coor­de­na­do­ra geral do pro­je­to Ron­don Minas, os volun­tá­rios per­cor­re­ram as vilas entre­vis­tan­do 800 famí­lias e atin­gin­do um públi­co esti­ma­do de 4800 pes­soas. Num pri­mei­ro momen­to as ati­vi­da­des foram rea­li­za­das atra­vés de um diag­nós­ti­co par­ti­ci­pa­ti­vo e apli­ca­ção de ques­tio­ná­rios por meio de amos­tra­gem com a par­ti­ci­pa­ção de toda a comu­ni­da­de. Num segun­do momen­to, tam­bém junto à comu­ni­da­de foram rea­li­za­das reu­niões temá­ti­cas para dis­cus­são de pro­ble­mas, neces­si­da­des enfren­ta­das pelos mora­do­res e poten­cia­li­da­des nas diver­sas áreas, entre elas: meio ambien­te, saúde, edu­ca­ção, trans­por­te, assis­tên­cia, habi­ta­ção. As ações socioe­du­ca­ti­vas serão rea­li­za­das nas comu­ni­da­des após o resul­ta­do do diag­nós­ti­co par­ti­ci­pa­ti­vo. O admi­nis­tra­dor regio­nal da Res­sa­ca, Rodri­go Tomaz, que foi o anfi­trião, res­sal­tou a impor­tân­cia do Pro­gra­ma "Obra na rua - É rápi­da, é sua" da pre­fei­tu­ra de Con­ta­gem que cul­mi­nou com a esco­lha do muni­cí­pio para rece­ber as ações do pro­je­to Ron­don Minas. "O "Obra na rua - É rápi­da, é sua" tem dado um resul­ta­do muito impor­tan­te para os mora­do­res. Ele vem trans­for­man­do a vida de quem mais pre­ci­sa. São obras aguar­da­das há mais de 30 anos, como é a obra do beco Ibaté na Vila União. Foi atra­vés des­sas ações que a coor­de­na­ção do pro­je­to Ron­don Minas veio somar for­ças com a gente para que mais bene­fí­cios pos­sam che­gar aos menos favo­re­ci­dos", disse Rodri­go Tomaz.

Saiba mais sobre o pro­je­to Ron­don Minas

O Ins­ti­tu­to Ron­don Minas é uma orga­ni­za­ção não gover­na­men­tal do ter­cei­ro setor, que atua desde 2005 com empreen­de­do­ris­mo ­social e volun­ta­ria­do em ­várias temá­ti­cas. Seu prin­ci­pal obje­ti­vo é pro­mo­ver o desen­vol­vi­men­to ­social com res­pon­sa­bi­li­da­de socioam­bien­tal.
O Ins­ti­tu­to ela­bo­ra e exe­cu­ta pro­je­tos de cunho ­social com equi­pes mul­ti­dis­ci­pli­na­res e pro­mo­ve a exten­são do conhe­ci­men­to téc­ni­co e cien­tí­fi­co. Atra­vés de suas ações, incen­ti­va a socie­da­de civil a ser cor­res­pon­sá­vel pelos pro­ble­mas ­sociais. A ONG tem como foco inter­ven­ções ­sociais em comu­ni­da­des que apre­sen­tem deman­das de tra­ba­lhos ­sociais, com exe­cu­ção de ações para o desen­vol­vi­men­to local. A pro­pos­ta é aten­der todos os públi­cos nas comu­ni­da­des e, além disso, rea­li­zar troca de expe­riên­cias e capa­ci­ta­ções com a socie­da­de civil orga­ni­za­da, poder públi­co e ­demais par­cei­ros.
O Pro­je­to Ron­don Minas atua desde 2005, com uma meto­do­lo­gia pró­pria e com o obje­ti­vo prin­ci­pal de for­ta­le­ci­men­to orga­ni­za­cio­nal, ­social, polí­ti­co e cole­ti­vo em diver­sas comu­ni­da­des minei­ras.